Linha Nigra: linha escura na barriga durante a gravidez

Durante a gravidez, são muitas transformações no corpo, pele e cabelo devido a variação hormonal que sofre durante essa fase. Dentre essas estão as manchas na pele e uma marca na barriga conhecida como linha nigra.

Essa linha escurecida que aparece no meio da barriga, quase como se a estivesse dividindo-a em duas partes, que pode ir somente até ao umbigo, ou ultrapassá-lo, chegando até a virilha. A sua espessura é de, aproximadamente, 1 cm. A linha nigra é uma marca exclusiva das gestantes com uma estimativa de 70 a 90% das gestantes.

 

As alterações hormonais são as principais responsáveis por aparecimentos dos “distúrbios” da pele na gestante. A linha nigra na gravidez aparece devido ao aumento do estrogênio e também pela distensão abdominal para acomodar o crescimento do útero e do bebê. O estrogênio eleva a produção hormônio melanocítico estimulante (MSH), esse hormônio junto a distensão abdominal faz acumular a pigmentação nessa área divisória e ai a linha aparece. A hiperpigmentação ocorre também em outras regiões do corpo onde a pele é esticada, devido ao aumento de volume em certas áreas do corpo.

 

A linha nigra começa a aparecer entre a 14ª e a 16ª semanas e tende a sumir até 12 semanas após o parto sem a ajuda de medicação, somente com a baixa gradativa dos hormônios pós parto, porém em alguns casos pode durar até meio ano após o nascimento do bebê. Para ajudar no desaparecimento da linha nigra após a gestação, cremes esfoliantes usados 2x na semana na região podem acelerar a renovação da pele.

Outras partes do corpo da mulher também tendem a ficar mais escuras como: auréolas dos seios, axilas, virilhas e o rosto gerando o “cloasma gravídico”.

 

O cloasma gravídico pode aparecer no rosto da mulher devido também aos altos níveis hormonais e o tratamento deve ser feito após o período de amamentação e sempre por um médico dermatologista.

Alguns dos cuidados essenciais são evitar exposição solar e utilizar protetor solar sempre.

 

A linha negra na gravidez não apresenta qualquer risco para a mãe ou o bebê. Trata-se de algo natural que ocorre durante a gravidez. Porém, saiba que alguns estudos têm relacionado uma linha negra muito escura com baixa concentração de ácido fólico no organismo da mãe. Por isso, você pode conversar com seu médico e checar a concentração de ácido fólico em seu organismo se acredita que sua linha está muito escura.

 

Dra. Gabrielle Adames

Dermatologista

CRM:36153

RQE:31040

www.gabrielleadames.com.br

@gabrielleadamesdermato

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Siga:
Posts em destaque:

Dra. Gabrielle participa de Simpósio da de cabelos e unhas da SBD

November 3, 2019

1/10
Please reload

Posts recentes:
  • Instagram
  • Facebook
Please reload

Categorias

© 2017 desenvolvido por