Procedimentos estéticos durante a amamentação

Durante a gestação, o corpo da mulher passa por muitas transformações e após a chegada do bebê, algumas delas passam a incomodar algumas mães. A principal queixa são as estrias na barriga e nos seios, além das marcas de expressão no rosto, geralmente ocasionadas pelas noites mal dormidas durante os primeiros meses do bebê. Além disso também ocorre a queda do cabelo muito conhecida no pós-parto e melasma, manchas de cor castanhada no rosto.

Listamos alguns tratamentos estéticos que são liberados nesse período e podem ajudar as novas mamães:

- Laser com Etherea MX

1) A emissão de luz e calor do aparelho ativa a circulação sanguínea e estimula a remodelação do colágeno rejuvenescendo e devolvendo a luminosidade da pele e eliminando os poros

2) A técnica pode ser utilizada tanto para combater os microvasos pelo corpo como no rosto, para amenizar as olheiras,

3) Também pode ser usado para clarear a linea nigra a qual é uma linha vertical de cor marrom que aparece no abdomen durante cerca de 3/4 das grávidas além de outras manchas no rosto e corpo

- Microinfusão de Medicamento na Pele (MMP): é um método inovador. Que consiste em aplicar a medicação diretamente nas camadas superficiais da pele com o auxílio de um aparelho com “drug delivery”. Possui diversas indicações como:

  1. Estrias: As estrias surgem quando as fibras elásticas e colágenas (responsáveis pela firmeza da pele) se rompem e formam “cicatrizes”. Quando vermelhas podem ser tratados com determinados tipos de laser que destroem os vasos, diminuindo a inflamação e neutralizando o processo de destruição das fibras de colágeno e elastina. O MMP é um excelente tratamento para as estrias brancas.

  2. Melasma: manchas escurecidas na pele também costumam aparecer durante a gravidez devido ao aumento dos hormônios. No aparelho colocamos clareadores seguros nesse período como Ácido Kójico, Arbutin e vitamina C.

  3. Queda de cabelo: normal e esperada após o parto, portanto se o seu cabelo estiver caindo, não se desespere. Nesse caso colocamos fatores de crescimento diretamente no bulbo folicular estimulado o crescimento de novos fios.

Outro fator que pode se somar à queda de cabelo também é a dermatite seborreica, que é uma oleosidade no couro cabeludo que piora no período de estresse. Sabe-se que com a chegada do bebê a mãe pode estar mais estressada ou ansiosa com a situação mas é preciso, na medida do possível, procurar descansar e manter a calma. Um dos tratamentos possíveis é feito com LED (light emited dioede), que ajuda na bioestimulação dos cabelos.

Lembrando que antes de pensar em fazer qualquer tratamento é importante consultar seu médico para avaliar quais procedimentos são os adequados, especialmente no período da amamentação.

Dra. Gabrielle Adames

Dermatologista

CRM:36153 RQE:31040

www.gabrielleadames.com.br

@gabrielleadamesdermato

Posts em destaque:
Categorias
Posts recentes:
Siga:
  • Instagram
  • Facebook

© 2017 desenvolvido por monvie. Gestão de Jorny.com.br com apoio de Unibest.

  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • WhatsApp-icone_01